GESTÃO DE CONTROLE PATRIMONIAL NAS ENTIDADES PÚBLICAS

GESTÃO DE CONTROLE PATRIMONIAL NAS ENTIDADES PÚBLICAS

  • 15 Alunos matriculados
  • 30 Horas de duração
  • 68 Aulas
  • 22 Módulos
  • 6 meses de suporte
Parcele em 12x R$ 68,99 (ou R$ 690,00 à vista)
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
Renomado palestrante em nível nacional, já capacitou, de forma presencial, profissionais em 25 estados brasileiros. É autor/coautor de cinco importantes obras
Diogo Duarte Barbosa

Apresentar aos participantes do curso uma estrutura de rotinas e de normatização interna

de controle patrimonial que atenda à legislação vigente. 

Para isso, será trabalhada a legislação vigente por meio de situações práticas e objetivas, de forma que o participante possa aplicar a

norma desenvolvida durante o treinamento no dia a dia da administração patrimonial.

Complementarmente, haverá espaço reservado para a revisão de normas trazidas pelos

participantes, com análise critica em sala de aula.

6 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 6 meses após a matrícula.
Nenhuma descrição cadastrada.
Diogo Duarte Barbosa
"Renomado palestrante em nível nacional, já capacitou, de forma presencial, profissionais em 25 estados brasileiros. É autor/coautor de cinco importantes obras "


Renomado palestrante em nível nacional, já capacitou, de forma presencial, profissionais em 25 estados brasileiros. É autor/coautor  de cinco importantes obras em contabilidade e controle no setor público. É coordenador de cursos de pós graduação para o setor público e foi coordenador da comissão de contabilidade aplicada ao setor público do CRC RS.


Conteúdo Programático

  • 1. Aula 01 Atribuições do Setor de Patrimônio - PDF
  • 2. Aula 01 Atribuições do Setor de Patrimônio
  • 1. Aula 02 Contabilidade_Mudanças e relação com o patrimônio - PDF
  • 2. Aula 02 Contabilidade Mudanças e relação com o patrimônio
  • 1. Aula 03 Controles Interno, Externo e Fiscalização Patrimonial - PDF
  • 2. Aula 03 Controles Interno, Externo e Fiscalização Patrimonial
  • 1. Aula 04 Tombamento e classificações do ativo - PDF
  • 2. Aula 04 A Tombamento e classificações do ativo
  • 3. Aula 04 B Tombamento e classificações do ativo
  • 1. Fluxo da despesa na prática
  • 2. Natureza de despesa na prática com suas composições
  • 1. Diferenças práticas entre despesa corrente e de capital com exercícios
  • 1. Grupos de despesa outras correntes Investimento e Inversão Financeira
  • 2. Práticas para o grupo de despesa
  • 1. Elemento de despesa Aula Introdutória
  • 2. Permanente x Consumo
  • 3. Parâmetro excludente da durabilidade
  • 4. Parâmetro excludente da fragilidade
  • 5. Parâmetro excludente da Perecibilidade
  • 6. Resumão dos parâmetros excludentes relativos a bens
  • 7. Parâmetro excludente da incorporabilidade
  • 8. Parâmetro excludente da transformabilidade
  • 1. Totem de Alcool em Gel
  • 2. Colchão de acordo com a sua finalidade
  • 3. Jarra de vidro e suas peculiaridades
  • 4. Confecção por encomenda
  • 5. Livros e acervos bibliográficos
  • 6. Animais semoventes
  • 7. Obras x serviço (corrente ou capital?)
  • 8. Pendrive e similares
  • 9. Compra para doação e premiações e sua diferenciação em doação de bens existentes
  • 10. Bateria de exercícios 1
  • 11. Bateria de exercícios 2
  • 1. Aula 06 Requisitos Mínimos para o Sistema Informatizado de Controle Patrimonial - pdf
  • 2. Aula 06 Requisitos Mínimos para o Sistema Informatizado de Controle Patrimonial
  • 1. Aula 7.1 Geração do Número de Tombamento - pdf
  • 2. Aula 7.2 Recebimentos Provisório e Definitivo - pdf
  • 3. Aula 7.3 Complemento Modelo de norma para instituição da comissão de recebimento de bens - pdf
  • 4. Aula 7.4 Geração do Número de Tombamento
  • 5. Aula 7.5 Recebimentos Provisório e Definitivo
  • 1. Técnicas para o registro da depreciação
  • 2. Técnicas para o registro da depreciação - PDF
  • 3. Inventário e avaliação de bens: regras de ouro
  • 4. Regras e técnicas para o registro da depreciação no setor público
  • 5. Regras e técnicas para o registro da depreciação no setor público - PDF
  • 6. Tratamento adequado de bens inseríveis
  • 7. Tratamento adequado de bens inseríveis - PDF
  • 1. Aceite de eletrônicos
  • 2. Requisições de material no almoxarifado
  • 3. Organização dos bens tombados antes da sua destinação ao usuário
  • 4. Inserindo a finalidade no empenho
  • 5. Fotos no inventário
  • 6. Etiquetagem com araudit
  • 7. Como utilizar fichas de estoque
  • 8. Como arquivar documentos patrimoniais
  • 1. CONTADORES NA COMISSÃO DE INVENTÁRIO
  • 2. DICA PARA CONVENCER O RESPONSÁVEL A ASSINAR O TERMO DE RESPONSABILIDADE
  • 3. DOENÇA NO PATRIMÔNIO
  • 4. EMPENHAR TOTEM ALCOOL GEL
  • 5. GAROTA DO INVENTÁRIO QUE NÃO QUIS COLABORAR DE JEITO NENHUM
  • 6. IMPORTÂNCIA DA NORMA INTERNA
  • 7. NUNCA REAVALIE UM BEM SEM INVENTARIO
  • 8. ONDE EMPENHAR BEM SOB MEDIDA
  • 9. RECEBIMENTO PROVISÓRIO
  • 10. REGRA PARA VENDER BEM MÓVEL
  • 11. REUTILIZAÇÃO AO INVÉS DE NOVAS COMPRAS
  • 12. TOMBAMENTO
  • 13. VALORIZE O SETOR DE PATRIMÔNIO
Voltar ao topo